Município de Vila Nova de Poiares

Rota pela Floresta

Data |

20 de Fevereiro de 2018 a 14 de Março de 2018

Entidades envolvidas |

– EB 2,3 /S Dr. Daniel de Matos
– EB1 Raul Lino – Cascais
– Centro Escolar S.Miguel
– Centro Escolar Arrifana
– Centro Escolar Poiares
– Centro Escolar St André
– Escola de Infantes e Cadetes de Vila Nova de Poiares
– Bombeiros Voluntários de Vila Nova de Poiares
– Câmara Municipal de Vila Nova de Poiares

 

Mapa |

Breve descrição |

A atividade de intervenção decorreu numa zona devastada pelos incêndios de 15 de Outubro, tendo se procedido à plantação de 270 árvores autóctones, nomeadamente carvalhos e sobreiros, numa área de cerca de 1 ha. A iniciativa contou com a participação de todas as escolas do Município de Vila Nova de Poiares (CE Poiares St. André, CE Arrifana, CE S. Miguel e EB2,3/s Dr. Daniel de Matos), tendo-se associado a esta iniciativa a escola EB Raul Lino do Município de Cascais, no âmbito de um projeto solidário para as zonas afetadas pelo incêndios. Os alunos das escolas mais próximas deslocaram-se a pé para o local, os restantes devido à distancia deslocaram-se de autocarro. Estiveram envolvidos na plantação 120 crianças e 20 adultos.

Sugestões e compromissos |

“ O mundo é o nosso habitat, para o continuarmos a ter, reciclar e reflorestar é o melhor que devemos e podemos fazer …Limpem as Florestas para incêndios não haver…Para não acontecer mais nenhuma tragédia, as florestas devem estar limpas, não fazer fogueiras na época em que é proibido e plantar árvores autóctones..” Nós gostávamos que as florestas fossem um enorme espaço verde cheio de diversidade. Devíamos reduzir a plantação de árvores não autóctones e não plantar árvores a menos de 50 metros de casas e estradas. Tal como na escola podíamos plantar alvores autóctones, como o sobreiro e o carvalho.”

EB 2,3 Dr. Daniel de Matos

“ Uma árvore vou plantar, Um amigo vou ganhar! E a área ardida vamos reflorestar. Todos juntos podemos construir um mundo mais verde.”

EB Raúl Lino

“A floresta é o bem mais precioso que temos, por isso devemos cuidar bem dela. Devemos assegurar que as próximas gerações possam usufruir dos seus tal como nós. Plante uma árvore. Não polua a floresta. Cuide do futuro de todos nós…”

Escolinha de Infantes e Cadetes de Vila Nova de Poiares

“Proteger a floresta é uma luta de todos nós. Não tenha comportamentos de risco na Floresta, como seja deitar lixo no chão, fazer fogueiras, usar maquinaria, fazer churrascos, não arranque árvores e plantas que estejam protegidas, etc. Vamos preservar a floresta para termos ar puro e suficiente para respirarmos. A floresta é local de vida, lazer e sobrevivência para a humanidade. Vamos defender a nossa floresta. ”

Bombeiros Voluntários de Vila Nova de Poiares

“Substituir as árvores que arderam por novas árvores. Não fazer fogo na floresta ou fazê-lo nos lugares indicados para isso. Não partir ramos de árvores nem pisar as plantas dos jardins e florestas. Sempre que virmos fumo ou fogo devemos avisar os bombeiros. Não atirar cigarros acesos pelas janelas do carros. Cuidar bem da Floresta é cuidar bem da nossa Vida!.”

Centro Escolar de S. Miguel

“ A Floresta precisamos reflorestar, para na terra gostarmos de viver! As árvores vamos proteger, pois um lugar verde dá beleza ao ambiente! A floresta pede ajuda, está na hora de a ouvirmos! Vamos lá, vamos unir-nos e a floresta deixar contente. “

Centro Escolar de Arrifana

“Na nossa escola não queremos poluição. Devemos cuidar da natureza porque o oxigénio é essencial. Um mundo verde para todos nós. A Natureza é o nosso verdadeiro coração. Se queremos um mundo saudável, temos de o poupar. Para isso nada podemos desperdiçar. E assim o planeta salvar. A água vou poupar e também vou reciclar, para o ambiente melhorar. E assim, a floresta vou amar. A floresta não vamos sujar, os incêndios nunca mais. Uma árvore vou plantar para ajudar os animais.”

Centro Escolar de Poiares , St. André

Momentos |

 

 

 

 

 

Ecos |

Avaliação |

Não foi efetuada uma avaliação formal da atividade. No entanto, de acordo com o feedback dos professores tratou-se de uma atividade muito interessante e importante até porque o nosso concelho foi bastante afetado pelos incêndios de 2017, estando as crianças bastante sensibilizadas e motivadas para a proteção da floresta e para a necessidade de reflorestar as áreas ardidas.

Apoios |

As árvores foram oferecidas pelos alunos da EB Raul Lino que contaram com o apoio da Câmara Municipal de Cascais e Cascais Ambiente.