Município de Loulé

Rota pela Floresta

Data |

9 de novembro de 2017

Entidades envolvidas |

– Câmara Municipal de Loulé
– Zoomarine
– Associação Bandeira Azul (ABAE)
– Universidade do Algarve (UAlg)
– Agência Portuguesa do Ambiente (APA)
– Guarda Nacional Republicana (GNR)
– ALGAR – Valorização e Tratamento de Resíduos Sólidos SA.
– TerraCrua – Paisagem Prometida Lda.
– Diversos agrupamentos de escolas e Eco-Escolas do concelho de Loulé e uma turma do concelho de Olhão

Breve descrição |

O Município de Loulé, a 9 de novembro de 2017, realizou uma mega ação de plantação de 5.000 árvores (entre ciprestes, sobreiros, medronheiros, pinheiros mansos e piricantas), na Lagoa de Momprolé, abraçando duas importantes iniciativas: a 2ª edição da OPERAÇÃO MONTANHA VERDE 2017 promovida pelo Zoomarine e a ROTA PELA FLORESTA da Associação Bandeira Azul (ABAE), que reuniram 300 voluntários, que em muito contribuíram para ajudar a reflorestar Portugal e a recuperar uma área de 5,3ha, propriedade da autarquia, que se encontrava desaproveitada.

As ações integram-se no projeto “Do CO2 ao O2”, tendo sido convidadas a participar na iniciativa as Eco-Escolas do Concelho, e por forma a incentivar para uma mobilidade mais segura e sustentável, os alunos deslocaram-se de bicicleta e/ou de transporte coletivo de passageiros, da escola até ao local onde foi dinamizada a ação de plantação de espécies arbóreas e arbustivas, cujo percurso foi guiado por Técnicos da autarquia e acompanhado pelas autoridades.

 

Mapa |

Sugestões e compromissos |

– Plantar, anualmente, pelo menos uma árvore na escola sede;
– Pelo menos, uma vez por ano, ir de bicicleta às escolas do Agrupamento plantar uma árvore;
– Dar preferência às espécies autóctones;
– Reabilitar a estufa da escola sede;
– Cuidar das nossas hortas pedagógicas e do nosso pomar;
– Fazer a manutenção dos espaços verdes da escola;
– Fazer passeios de bicicleta com regularidade às zonas verdes do nosso concelho.

Agrupamento de escolas de Almancil

– Plantar algumas espécies autóctones no agrupamento;
– Fazer a manutenção das hortas de cultura biológica;
– Promover uma alimentação saudável e os produtos da época;
– Cuidar dos espaços exteriores escolares;
– Promover caminhadas nas áreas envolventes às escolas do agrupamento;
– Visitar áreas do litoral do Concelho, identificar problemas da ocupação humana e apresentar soluções para uma correta ocupação do litoral.

Agrupamento de escolas Dra. Laura Ayres, Quarteira

– Cuidar dos espaços exteriores da escola;
– Promover uma alimentação saudável;
– Cuidar da horta pedagógica da escola;
– Dar preferência às espécies autóctones;
– Promover passeios de bicicleta com regularidade às zonas verdes do Concelho.

Escola EBI de Boliqueime – Prof. Dr. Aníbal Cavaco Silva

Momentos |

Ecos |

Avaliação |

Recorreu-se a aplicação de Questionários de Avaliação como instrumento de avaliação interna e externa da atividade (enviados e de preenchimento online).
Como resultados desta avaliação, foram obtidos os seguintes (numa escala de 1 a 5, sendo 1 o valor mais baixo, correspondendo a Mau, e 5 o valor mais alto, correspondendo a Muito Bom):
– Os responsáveis pelos grupos de Participantes/Voluntários avaliaram globalmente a ação e os diferentes aspetos da mesma com nota de 4,78, que equivale a uma avaliação da dinamização da ação de “Muito Boa”. Destaque para as “Opiniões / Recomendações / Sugestões” muito positivas deixadas pelos mesmos: “Os alunos e professores envolvidos gostaram muito de participar na atividade, ficamos a aguardar uma próxima!”.
– Também os Técnicos da Autarquia responsáveis pela dinamização da ação a avaliaram globalmente com nota máxima de nível 5, o que também equivale a uma avaliação da dinamização da ação de “Muito Boa”. De notar também as “Notas / Observações” positivas mencionadas pelos técnicos relativamente à presente iniciativa: “A repetir, foi excelente!”.

Apoios |

Crédito Agrícola (Messines)